Sobre

Vê Nuz é um resultado de uma pesquisa que desde 2004 vem sendo desenvolvida. Este trabalho, cujo recorte já foi apresentado em exposições na galeria A Casa da Luz Vermelha e na SP-Arte/Foto 2013, ganha seu formato final a partir do patrocínio do Fundo de Apoio À Cultura do Distrito Federal. Contemplado no edital de Áreas Culturais de 2016 e com a curadoria de Rosely Nakagawa, as seguintes ações serão realizadas:

  • Pesquisa e produção das obras com participação de voluntárias;
  • Exposição e lançamento do fotolivro da série no Espaço Cultural Renato Russo, Realizada entre 19 de julho e 28 de agosto de 2022;
  • Itinerância fora do Distrito-Federal;
  • Eventos paralelos promovendo oficinas e diálogo entre o artista, a curadora e público;

Entre 2019 e 2021 a pesquisa e produção das fotografias foram realizadas, assim como o recorte curatorial da série e a diagramação do livro.

Release e maiores informações abaixo.

 

Release

No próximo dia 19 de julho, às 19h, a Galeria Rubem Valentim do Espaço Cultural Renato Russo recebe a mostra “Vê Nus”, do fotógrafo Kazuo Okubo, com curadoria de Rosely Nakagawa. As imagens que compõem a exposição foram realizadas a partir de 2004 até 2020 com voluntárias que autorizaram o fotógrafo a retratar e revelar suas intimidades anonimamente. No dia da abertura, acontece o lançamento do fotolivro “Vê Nus”, com todas as imagens das voluntárias que posaram para o projeto e texto da curadora, que estará à venda no local. A mostra é realizada com o patrocínio do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) do Distrito Federal. A mostra fica em cartaz até o dia 28 de agosto, com visitação de terça a domingo, das 10h às 20h. A entrada é gratuita e a classificação indicativa recomendada é 18 anos.

Dezoito anos depois de realizar a primeira imagem da série e oito anos desde que foi apresentada parcialmente na SP-Arte/Foto 2014, a mostra será apresentada com 58 fotografias de mulheres que participaram dos ensaios fotográficos voluntariamente. “Sei que é uma grande ousadia revelar a intimidade das pessoas dentro de uma cultura conservadora, e que encontraríamos muitas dificuldades no caminho”, afirma Kazuo Okubo, que fotografou 60 mulheres voluntárias para o projeto. Mas para a mostra, serão apresentadas as imagens de 28 mulheres fotografadas de frente e de costas e impressas em gabardina em grande formato, 100cm X 75cm. 

Acompanhando a produção fotográfica de Okubo desde 2008, a curadora Rosely Nakagawa ressalta que a série “Vê Nus” mostra a diferença radical entre imagem e imagem técnica. “A imagem “imagina” o mundo, enquanto a imagem técnica “imagina” significados”.  “O que nos mostra este conjunto de imagens é a liberdade conseguida pela arte ao longo da história, que permitiu à fotografia contemporânea essa apropriação da beleza onde quer que esteja o desejo do autor”. “Vê Nus”, diz a curadora, “reúne a delicadeza e ousadia de nus femininos, de voluntárias que aceitaram compartilhar detalhes de suas intimidades”.

Para o projeto “Vê Nus”, Kazuo Okubo utilizou uma técnica de superexposição da imagem. High-key é uma técnica que usa iluminação excepcionalmente brilhante para reduzir ou eliminar completamente as sombras na imagem. “Com isso, perco os médios tons e fico com o branco e as variações do cinza para o preto. Ficam apenas os traços essenciais da imagem. Trago para a fotografia o traço minimalista dos meus antepassados presentes por exemplo nos traços de sua escrita”, comenta o fotógrafo. 

Para Nakagawa, a obra de Kazuo Okubo ocupa um lugar na fotografia de arte contemporânea brasileira devido à sua forte individualidade e à sua tradição oriental, onde além da presença do nu, o rigor técnico e formal são ferramentas para exercer sua criatividade. Em “Vê Nus”, o fotógrafo obtém um resultado poético e particular, despido de julgamento e contextualização da cultura Ocidental. Okubo mostra a força, a coragem, a liberdade, a individualidade e a beleza dessas mulheres. O resultado causa polêmicas, mas estamos diante de uma cultura para o futuro. Um futuro com liberdade, ética, respeito e educação em busca do equilíbrio que traga a paz”, completa.

Fotolivro
Na abertura da mostra, será lançado o fotolivro “Vê Nus”. A publicação com 128 páginas e texto de Rosely Nakagawa em português e inglês reúne as fotos de 60 mulheres que aceitaram posar para o fotógrafo Kazuo Okubo desde 2004. O livro estará à venda no local e no site por R$ 99,00.

Serviço

Vê Nus
De | Kazuo Okubo
Mostra fotográfica | 60 Fotografias
Curadoria | Rosely Nakagawa
Abertura | 19 de julho, terça-feira, às 19h
Visitação | Até 28 de agosto
                   De terça a domingo, das 10h às 20h
Entrada | Gratuita
Onde | Galeria Rubem Valentim
             Espaço Cultural Renato Russo

Lançamento do fotolivro | Vê Nus
Páginas | 128
Valor | R$99,00
Endereço | 508 Sul – Asa Sul – Brasília-DF
Patrocínio | Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal (FAC-DF)
Classificação indicativa recomendada | 18 anos

A CURADORA

Rosely Nakagawa nasceu em São Paulo (1954), onde vive e trabalha. É graduada em Arquitetura pela FAUUSP em 1977. Fez especialização em Museologia pela USP em 1978/80 e em Comunicação e Semiótica pela PUC_SP em 2005.

ATIVIDADES PROFISSIONAIS E CULTURAIS
  • Curadora e gestora Cultural do Armazém Cultural 11 Santos SP desde 2015
  • Coordenadora de projetos de fotografia FUJIFILM 2013
  • Curadora da FNAC Brasil desde 2004
  • Curadora da Casa da Fotografia FUJI 1994 a 2013
  • Curadora e Festival de mídia eletrônica VideoBrasil 1982 a 2002
  • Curadora do Espaço SENAC Escola de Comunicações e Artes 1994 a 1998
  • Curadora e Coordenadora Geral de Projetos do Núcleo Amigos da Fotografia NAFOTO de 1990 a 1997 , no qual realizou o I , II e III Mês Internacional de Fotografia e Seminário Internacional da Fotografia ( 93,95,97 respectivamente )
  • Curadora do Espaço Cultural CITIBANK de 1987 a 1991
  • Curadora e Coordenadora da galeria FOTOPTICA 1979/1986
CONSELHO DE MUSEUS E INSTITUIÇÕES
  • Membro da Rede Nacional de Produtores de Fotografia RNPF.
  • Membro do Conselho do Paraty em Foco.
  • Membro do Conselho do Instituto Choque Cultural SP.
  • Membro do Conselho Curador do Centro Cultural Memorial da Cultura Cearense CE
  • Membro do Conselho da Associação Cultural Videobrasil SP
ORGANIZAÇÃO DE EXPOSIÇÕES - CURADORIA INDEPENDENTE
  • 2018_Tarefas Infinitas – quando a arte e o livro se ilimitam_ Co Curadoria com Paulo Pires do Vale e Beatriz Matuck SESC CPF
  • 2014/2017_Curadora das Exposições da Escola Panamericana de Arte
  • 2016/2017_ Marcelo Greco, Helena Rios, Flavia Tojal , Pierre Devin _ Correspondencias
  • Armazém Cultural 11 Santos
  • 2016_ Carlos Moreira Os dias Lindos Armazém Cultural 11 Santos
  • 2015 _ Marcos Piffer – Armazém Cultural 11 Santos
  • 2015 –_Retrato Popular , coletiva de fotografia vernacular_SESC Belenzinho
  • 2015/2016_ Rubens Matuck , Tudo é semente_ Ediçoes SESC
  • 2014_Habitants Marco Alves – edição do autor
  • 2013_ Carlos Moreira – São Paulo, Publicação e mostra no SESC Bom Retiro
  • Carlos Moreira São Paulo – 50 anos do fotografo no SESC Bom Retiro, janeiro 2014
  • OPARA_ Onde nasce o São Francisco – Exposição Marco Antonio Robert Alves Galeria FASS 2013 e MON Curitiba Museu Oscar Niemeyer janeiro 2014
  • Paisagem Interior – Fotopinturas de Julio Santos – Pinacoteca do Estado de São Paulo 2012
  • Extremes – Europalia BOSAR Bruxelas- 2012
  • Paraisópolis – Uma cidade dentro da outra – SESC Pompéia SP 2011
  • Luis Humberto – fotógrafo – Retrospectiva do fotografo no espaço da Caixa Cultural São Paulo 2010.
  • 30 anos de Fotografia” – coleção particular Rosely Nakagawa nos espaços da Caixa Cultural Curitiba, São Paulo, Brasília e Salvador. De abril de 2009 a janeiro de 2010
  • Exposição “FINDERS” – Nagoya/Japão janeiro 2009
  • Ecos do Planeta – Amazônia” – Bienal de São Paulo agosto 2008
  • Vivian Lembo – “Do Outro Lado” –Pinacoteca do Estado março 2007
  • Fotografia Brasileira” no Festival de Arles / França julho 2006
  • Retratos Pintados” – Pinacoteca do Estado de SP – setembro 2004
  • Thomaz Farkas” – Fotografias e Lembranças – Instituto Moreira Salles / Rio de Janeiro – junho 2002 e Centro Cultural Mariantonia USP –abril 2002
  • Wind Caravan” – Instituto Itau Cultural e Memorial Dragão do Mar/ Fortaleza Ceará – novembro 2001.
  • Brasil 50 MIL – Acervo do MAE-USP” –STJ Brasília setembro de 2001 a março de 2002
  • Mar de Luz” – Lançamento e exposição- Memorial Dragão do Mar/ Fortaleza Ceará – março 2001
  • BENDITOS” – abertura do Mês Internacional da Fotografia no SESC Pompéia – Abril 2001
  • LUZ e COR” – oficina pedagógica – Itaú Cultural – abril 2001
  • Luiz Braga” – ISPA Lisboa – Portugal / novembro 2000
  • Leonardo Crescenti” – Galeria Val de Almeida Junior / agosto 2000
  • Oficinas Artesãos Populares” Ivaldo Bertazzo – SESC Belenzinho / agosto 2000
  • Atelie do Artista” – Instituto Itau Cultural / junho de 2000
  • Fabrizio Plessi” – Guggenheim SOHO NY / junho 1998
  • Paixão pelo Futebol” – Centre Regionel de la Photographie – Nord Pas de Calais França / julho 1998
  • Depósito dell´Arte” – Fabrizzio Plessi / Guggenheim SOHO e SESC setembro 1998
  • Baile na Roça – um balé para Portinari – Teatro Municipal / outubro 1998
  • Retrospectiva “Candido Portinari” / MASP / novembro 1997
  • Cristiano Mascaro – “Luzes da Cidade” / Buenos Aires / Agosto 1997
  • Luiz Gonzalez Palma” – Funarte Rio de Janeiro / agosto 1997
  • Thomaz Farkas , fotógrafo” – MASP / SP maio 1997
  • O Simbólico e o Diabólico” 50 anos da PUC/SESC – PUC. TUCA SP / setembro 1996
  • Curadora da mostra Fotografia Brasileira do III Colóquio Latino Americano de- Fotografia -México 1996
  • Coletiva Brasileira de Retratos”- Mês Internacional da Fotografia – FAAP / 1995
  • ARAWETÉ – Povo Tupi da Amazônia – Centro Cultural São Paulo / 1992
  • O Semi Árido – Anna Mariani – MAC USP 1992 – Fortaleza Ceará 1992
  • Brazil Projects” coletiva de Arte Brasileira realizada no P.S 1 – Long Island NY 1987
  • Pinturas e Platibandas”- fotografias de Anna Mariani 19. Bienal Internacional de São Paulo, Centro Georges Pompidou – Paris/França 1987-1988
EDIÇÃO DE LIVROS
  • Editora e autora do livro: Rubens Matuck Tudo é Semente – Edições SESC 2014/2018
  • Editou as imagens dos livros :
  • Habitants – Marco Antonio Robert Alves 2016
  • Edu Mello Fotografias 2015
  • São Paulo – Carlos Moreira – 2013 ( em processo de finalização )
  • OPARA_Onde nasce o São Francisco – 2013 fotografias da Serra da Canastra de Marco Antonio Robert Alves
  • CUBA_ Du Ribeiro 2013
  • Paraisópolis – Renata Castello Branco – 2012
  • Retrato Interior – Julio Santos 2011
  • Luis Humberto – 2010
  • Julio Santos – mestre da Fotopintura – 2010
  • Salete Goldfinger – 2009
  • Carlos Moreira – 2009
  • Caderno de Viagem – Rubens Matuck -2005
  • Thomaz Farkas – Pacaembu – 2006
  • Thomaz Farkas – Viagens pelo Brasil – 2005
  • Thomaz Farkas Fotografo – 1998
  • Entre outras publicações.
FESTIVAIS

Colaboradora do Festival Paraty em Foco desde 2000

Colaboradora do Foto em Pauta Tiradentes desde 2010

Participante do FOTOPOA Porto Alegre RS; FOTOFEST _ Houston / Texas, USA; Fotoseptiembre DF/Mexico; Festival Arles; Arles França Festival CDF Montevideo/ Uruguai.

Contato

14 + 11 =

Informações para Imprensa

Agenda KB Comunicação
Contato: Luiz Alberto Osório
E-mail: luiz.alberto@agendakb.com.br
Telefones: (61) 3344-0143 / (61) 98116-4833
Skype: luiz.alberto.osorio